Página inicialBlogDicas para e-commerce11 tendências de e-commerce para 2024 
Reunião sobre tendências do e-commerce

11 tendências de e-commerce para 2024 

Anna Carolina NeivaContent Marketing Specialistedrone

Veja como usar as tendências de e-commerce 2023 para aumentar as vendas e melhorar o relacionamento com os clientes da sua loja virtual.

O fim do ano é a época de olharmos para os últimos doze meses e definirmos as metas de negócios para os próximos doze. Estamos aqui para ajudar nos seus planos, trazendo as principais tendências de e-commerce em 2024.

Antes de olharmos para o que está por vir, vamos fazer uma rápida revisão do que aprendemos nos últimos anos que podem nos ajudar a preparar a melhor estratégia para o calendário comercial que está por vir, seguindo as principais tendências de e-commerce para 2024.

Nem é preciso dizer que a pandemia Covid-19 trouxe mudanças radicais para os proprietários de negócios online. 43% dos consumidores estão agora mais abertos a comprar pela internet. Isso não significa apenas mais clientes em potencial para todos os varejistas, mas também que os proprietários de lojas virtuais devem estar prontos para o aumento da demanda, concorrência ainda mais acirrada e os avanços tecnológicos que surgem a cada dia.

Além disso, com o fim da pandemia em 2022, muitos consumidores voltaram para as lojas físicas. Uma pesquisa realizada pelo The News, atestou que as compras do Natal 2022 foram feitas igualmente entre lojas virtuais e físicas. Outro desafio do e-commerce é o colapso da cadeia de suprimentos e os depósitos sem estoque, mas é possível se planejar para evitar o maior problema que os varejistas online tiveram que enfrentar nos últimos anos.

Outro ponto fundamental é a mudança de comportamento do consumidor. Por exemplo, com base nos dados das vendas dos clientes edrone, a Black Friday foi uma data mais lucrativa para as lojas virtuais do que o Natal, isso porque os consumidores acreditam que a internet oferece melhores promoções e opções para comparação de preços. 

Outros fatores também estão contribuindo para mudanças no comportamento de compra, como a consciência ecológica dos consumidores, o fascínio pela tecnologia alimentada por Inteligência Artificial e o aumento das expectativas dos consumidores virtuais.

Ok, chega de olhar para trás. Vamos nos concentrar no que vem pela frente e ver quais as principais tendências de e-commerce 2024!

Calendário E-commerce 2023

Acesse o material completo!

1. O Mobile Commerce continua a crescer

Não é por acaso que o M-Commerce (de mobile commerce, ou seja, compras pela internet feitas com aparelhos móveis) se mantém como a primeira tendência do setor. De acordo com a previsão do eMarketer, a participação nas vendas em aparelhos celulares está crescendo e não mostra sinais de desaceleração. No Brasil, segundo um estudo divulgado pela RankMyApp, foram 15,7 milhões de instalações de aplicativos de varejo no primeiro semestre de 2022, comprovando que o brasileiro está cada vez mais habituado a utilizar o celular para realizar algum tipo de compra. 

As pessoas passam cada vez mais tempo em seus smartphones, incentivando os varejistas a otimizar ainda mais suas lojas online para dispositivos móveis. Isso significa um aumento na demanda por lojas virtuais voltadas para celulares. Esta é uma possibilidade fascinante que desafia tudo o que sabemos sobre compras online. A suposição sempre foi de que a versão para desktop de um site é a versão “real” e a versão dos dispositivos móveis está lá apenas como um extra, mas e se esse paradigma for revertido?

As lojas de E-Commerce otimizadas para dispositivos móveis são projetadas e construídas para um tipo diferente de comportamento do usuário e permitem que os visitantes naveguem, selecionem e comprem produtos de seu interesse direto de seus telefones. Portanto, a conclusão é simples – ter uma versão móvel do seu site não é suficiente, a versão móvel deve ser boa o suficiente para se destacar e agir como a versão “real” para uma parte muito significativa de seus clientes.

mobile commerce
Mobile commerce

2. Divulgação de estratégias de venda multicanais (omnichannel)

Sua loja virtual não pode ser compatível apenas com dispositivos móveis, mas também deve vender em vários canais. Estamos falando sobre sites, mídias sociais, eventos online e muito mais! Existem muitos motivos pelos quais as vendas multicanais trazem muito mais resultados do que as campanhas de varejo concentradas.

Quantas vezes você encontrou um item perfeito em seu telefone, então o salvou para verificar mais tarde no computador, de modo mais confortável? Muitas vezes fazemos isso porque precisamos e estamos acostumados, mas isso está mudando. Os clientes esperam poder fechar o negócio de onde quer que estejam e não ter que fazer uma jornada para conseguir o que desejam. É por isso que é fundamental que seu produto esteja visível e disponível para compra diretamente em suas contas de mídia social, bem como em seu site oficial — um e-commerce omnichannel.

É aqui também que devemos mencionar a importância de ter plataformas de mídia social integradas e o uso de social commerce e live commerce, garantindo uma presença online conveniente para o seu público. Diferentes conteúdos para diferentes redes sociais diversificam sua oferta de produtos e dão a você a chance de enfatizar diferentes aspectos da sua marca, mas sempre deve haver alguma consistência entre os canais. Você não pode ter uma personalidade de marca esquizofrênica com uma voz em um canal e outra, completamente diferente, em outro.

3. Chatbots e assistentes virtuais em mais lugares, fazendo mais coisas

Este ponto é crucial para qualquer E-Commerce moderno. Afinal, ele permite que você mate dois coelhos com uma cajadada só: enquanto seus clientes se beneficiam de um serviço instantâneo e assistentes virtuais, você poderá economizar dinheiro, não precisando contratar grandes equipes de atendimento para oferecer a mesma experiência.

Os chatbots estão entre as soluções de tecnologia mais promissoras hoje em dia, porque cada vez mais empresas colocam seu destino nas mãos digitais da IA. Um chatbot implantado de maneira adequada pode manter uma conversa real com um cliente em potencial ou cliente, fornecer suporte técnico, fazer up-selling ou cross-selling de produtos relevantes, reunir e analisar informações valiosas sobre leads e processá-las após o término da sessão. Tudo isso enquanto você consegue se concentrar em outros aspectos do seu negócio.

Se você não está atualizado sobre as inovações na área de chatbots, você ficará em choque. Eles não apenas impressionam com seu desempenho, mas também com seu papel no suporte ao nível geral de automação de que os E-Commerces modernos precisam, sendo uma das principais tendências de e-commerce para 2023. Você nem mesmo precisa contratar um profissional para ajudá-lo com a configuração – chatbots totalmente personalizáveis são agora uma funcionalidade suportada pela maioria dos marketplaces e pelo Facebook.

Quer aumentar as suas vendas e construir um relacionamento com os seus clientes?

A edrone pode te ajudar.

Agende uma demonstração gratuita!

4. Pesquisa por voz para compras (voice commerce)

Os assistentes de voz não são mais uma tecnologia futurística que costumávamos ver nos filmes — eles já estão na rotina diária de mais de 30% dos norte-americanos. Usamos assistentes virtuais para organizar nossas casas, acompanhar nossos hobbies e até mesmo realizar tarefas relacionadas ao trabalho. É óbvio que eles também encontrarão um lugar nas compras online.

20% de todas as consultas de pesquisa do Google já são pesquisas por voz. O que isso significa para você e sua loja online? Significa que você precisa ter tudo otimizado para pesquisa por voz! Certifique-se de que sua empresa pode e será encontrada por outros meios que não a digitação de uma solicitação direta.

Mas também, não se esqueça de ir além da simples pesquisa de produto e tente fornecer uma experiência completa de voice commerce. Deixe os clientes selecionarem itens, adicioná-los aos carrinhos de compras ou definir pedidos recorrentes sem ter que pegar o smartphone ou laptop. Esteja um passo à frente e forneça uma experiência de cliente voltada para o futuro agora mesmo!

Homem faz pesquisa de voz no celular
Voice commerce

5. Experiências de compra de realidade aumentada e virtual

Usar a realidade aumentada e virtual para fazer compras está na mente de todos há algum tempo, mas algumas empresas realmente se atreveram a implementar a tecnologia e conseguiram fazê-lo de forma eficaz. O metaverso mudou a experiência do e-commerce com provadores virtuais com seleção de cores personalizada no local, recomendações baseadas em seu tipo corporal e altura e um personal shopper dedicado – tudo disponível instantaneamente em seu telefone. 

Essa é uma tendência de e-commerce de longo prazo, uma vez que, mesmo já sendo possível, o acesso aos óculos VR e as tecnologias necessárias para torná-la popular ainda são muito custosos, por isso especialistas indicam que esse comportamento deverá ser massificado nos próximos 10 anos.

6. Inteligência artificial para e-commerce

Nesse cenário das novas tecnologias para e-commerce a inteligência artificial pode ser uma grande aliada, não só no atendimento ao cliente como chatbots e voice commerce (como citado anteriormente), mas para a indicação de produtos personalizados.

Já é possível entender o comportamento de compras de um cliente e oferecer produtos antes mesmo que ele saiba que precisa deles. Por exemplo, um cliente compra um xampu, o sistema pode ser otimizado para avisá-lo quando esse produto estiver quase no fim e lembrá-lo de fazer a compra antes que ele acabe.

A recomendação personalizada de produtos conforme o comportamento de compra de cada consumidor é uma forma de melhorar o relacionamento com o cliente, mostrando que você realmente sabe o que ele quer e precisa, melhorar as vendas e conseguir up-selling e cross-selling com outros produtos.

7. Comunicação personalizada

Falando em personalização, em uma palestra do Web Summit 2022, em Lisboa, um executivo da Amazon deixou muito claro que essa é a principal tendência do e-commerce para 2024.

Com um cliente virtual cada vez mais exigente é preciso oferecer uma experiência de compra unificada e personalizada, com uma comunicação efetiva. Ou seja, esqueça os e-mails em massa, é hora de investir em e-mails automatizados ou newsletters segmentadas que ofereçam ao cliente exatamente o que ele quer comprar ou saber.

A hiper-personalização também deve funcionar no site de compras, como na Netflix, mostrando já na homepage as principais categorias e produtos que são de interesse daquele cliente.

Inscreva-se na nossa newsletter

Aposte no conhecimento para desenvolver o seu negócio!

O administrador dos seus dados pessoais é a EDRONE BRASIL TECNOLOGIA LTDA. Cuidaremos dos seus dados de contato de acordo com nossa política de privacidade.

8. Big data e análise de dados

Como sempre falamos por aqui “os dados são o petróleo do e-commerce”, com eles é possível melhorar a personalização da sua loja virtual como um todo, desde o processo de compra até a comunicação. Por isso, são um item fundamental para qualquer loja virtual em 2023.

Se você ainda não tem um sistema de CRM para e-commerce é melhor correr atrás do prejuízo e começar a organizar seu banco de dados para vender mais em 2023.

9. Alternativas para cadeia de suprimentos

Outro ponto abordado pelo executivo da Amazon no Web Summit 2022, em Lisboa, foi a busca por alternativas na cadeia de suprimentos. Como citamos no início do artigo, com a Guerra na Ucrânia e a crise de Covid na China, esse tem sido um problema recorrente de grandes players do mercado de comércio eletrônico.

A solução? Buscar alternativas de fornecedores de acordo com fatores geográficos, ou seja, se você vende em todo o mundo, tenha fornecedores em diferentes países. Além de uma estratégia de vendas com foco nos suprimentos. Por exemplo, é preciso se preparar para datas comemorativas e oferecer ofertas para estoques em excesso.

10. Consumismo ecológico

Nos últimos anos o consumo ecológico cresceu, principalmente na geração z, fazendo com que consumidores optem por varejistas mais sustentáveis e socialmente conscientes. Não é mais suficiente que as empresas ofereçam um produto no qual as pessoas possam estar interessadas, elas precisam ser conhecidas por apoiar as causas certas. É por isso que, nos próximos anos, será mais importante do que nunca vincular sua empresa a uma organização ou meta digna.

Não se limite a pensar em usar materiais ecológicos apenas para o seu produto. O século 21 nos ensinou a buscar o subtexto ambiental em cada pequena ação que uma empresa faz: desde embalagens recicladas até entrega de baixa emissão até abrir apoio a qualquer causa verde – nada do que você faz é demais.

Nesse cenário, o recommerce digital também vem crescendo como uma alternativa de consumo consciente e economia circular.

11. Entrega rápida

Por fim, mas não menos importante, a entrega cada vez mais rápida é uma das principais tendências de e-commerce que já começou em 2022, mas se intensificou em 2023 e segue para 2024. Por isso, as dark stores seguem em alta.

Recentemente, em uma viagem para Recife, me deparei com um depósito enorme da Amazon na estrada entre a capital pernambucana e a praia de Porto de Galinhas. Prova que até os gigantes precisam pensar em estratégias para garantir a melhor experiência do cliente.

O que as tendências de e-commerce 2024 significam para a sua loja virtual?

O futuro continuará a se concentrar na melhor experiência de compra automatizada, personalizada e significativa, simplesmente porque os compradores online estão ficando mais experientes e exigentes. Não basta mais oferecer um serviço, é preciso que seja o melhor serviço! Por isso, fique atento as tendências de e-commerce para 2024 e prepare a sua loja para vender mais.

Boa sorte para todos em 2024 e vamos torná-lo o melhor ano de todos!

Anna Carolina Neiva

Content Marketing Specialist

edrone

Especialista em conteúdo, apaixonada por transformar palavras em conhecimento nos mais diversos segmentos do mercado nacional e internacional. LinkedIn

kpis e-commerce ebook

E-book e Planilha para Calcular KPIs do E-commerce

Use os dados da sua loja virtual a seu favor e saia na frente da concorrência!

Baixe o Ebook Gratuito

Conteúdos relacionados

Deixe a gente te mostrar o mundo do e-commerce
Inscreva-se na nossa newsletter

O administrador dos seus dados pessoais é a EDRONE BRASIL TECNOLOGIA LTDA. Cuidaremos dos seus dados de contato de acordo com nossa política de privacidade.