Mulheres representam e-commerce de moda e vestuário

E-Commerce no setor de Moda e Vestuário

Aleksandra Stankowska

A produção de roupas passou de uma atividade artesanal a um setor que movimenta mais de U$ 3 trilhões – e o E-Commerce é um dos principais canais de venda por onde este dinheiro flui.

Do alvorecer da humanidade à revolução industrial no século XIX, as roupas eram costuradas à mão, o que lhes conferia um caráter único e inimitável. Era impossível produzir duas peças de roupa idênticas. Pode-se até ficar tentado a dizer que todos eram originais naquela época, vestidos de acordo com seus gostos e com roupas feitas sob medida.

Com o avanço da tecnologia, iniciou-se a produção em massa de roupas, o que resultou em sua homogeinização. Esta foi uma abordagem voltada para maximizar o volume de vendas – e o lucro, visto que a padronização das roupas também veio para minimizar os custos de sua produção.

Pulando para o século XXI, hoje o setor de moda e vestuário movimenta mais de 3 trilhões de dólares, o que chega a aproximadamente 2% do PIB mundial!

Hoje em dia, praticamente todos os tipos de produtos apresentam ciclos de vida cada vez mais curtos. No entanto, na indústria da moda, isso é particularmente perceptível devido à sua competitividade acima da média e ao constante surgimento de novas tendências.

As tendências da moda atuais são criadas, entre outras coisas, pelo compartilhamento de ideias nas redes sociais, que impulsionam constantemente a produção de roupas em busca de enormes lucros e, por outro lado, encurtam o já mencionado ciclo de vida dos produtos.


Para o E-Commerce, isso pode ser um fenômeno positivo, devido ao fato de que os usuários estão cada vez mais optando por fazer compras para se manter na moda. Por outro lado, pode gerar problemas com altas demandas dos clientes, dificultando o sucesso das empresas. É um desafio mudar constantemente suas coleções, estratégias, planos de longo prazo, que ainda precisam ser ajustados às tendências que estão sempre mudando – em ritmo cada vez mais frenético.

A produção em massa de hoje requer novas tecnologias avançadas que capturam dados do cliente, os analisam e rastreiam novas tendências. Já não basta ser um visionário e criar coleções inspiradoras, é necessário adaptar-se para ganhar dinheiro.

Após uma breve introdução ao setor, vamos agora analisar o desempenho dos clientes de Moda e Vestuário da edrone para ver como eles estão lidando com as condições atuais do mercado por meio do uso de ferramentas de automação.

Análise dos clientes de Moda e Vestuário da edrone

Analisamos o desempenho de nossos clientes no Brasil, República Tcheca, Alemanha, Polônia, Romênia e Eslováquia. Alguns deles operam regionalmente e outros também em mercados estrangeiros. Eles vendem todos os tipos de produtos relacionados à moda e vestuário: de acessórios de luxo a roupas de exercício, de calçados a roupas íntimas. Por motivos de confidencialidade, todos os resultados foram agregados e são apresentados como uma média.

A primeira coisa a notar é que as ferramentas de automação têm um impacto significativo nas vendas destas lojas – em média, 20,2% da receita pode ser atribuída diretamente às funcionalidades da edrone.

taxa de impacto da edrone em lojas virtuais do setor de moda e vestuário

Obviamente, a receita é importante. Todo negócio precisa de lucro para sobreviver, e estes resultados indicam que a Automação de Marketing e um CRM bem estruturado são fundamentais para isso!

Este setor apresenta uma frequência de compra relativamente baixa, provavelmente à grande concorrência no mercado da moda e à mudança periódica de marcas favoritas em nome da diversificação do nosso guarda-roupa. Sendo assim, as funcionalidades de Automação de Marketing podem fazer toda a diferença nos resultados de uma loja virtual do setor de Moda e Vestuário.

Os clientes destas lojas virtuais compram muito mais frequentemente: cinco vezes mais clientes impactados pelas funcionalidades da edrone voltam para comprar novamente dentro de um ano em comparação com os clientes não impactados.

taxa de retorno dos clientes em lojas virtuais do setor de moda e vestuário

Seguindo em frente, nossos clientes observaram um crescimento médio de aproximadamente 12% em suas listas de inscritos ao longo de seis meses. Isso é obtido combinando Pop-ups e Web Layers com cenários de automação.


Este crescimento relativamente baixo provavelmente se deve ao enorme volume de e-mails que as marcas de moda e vestuário enviam aos seus clientes, que são bombardeados com mensagens sobre novos produtos e coleções. Além disso, o tamanho médio das listas também é enorme, portanto um crescimento percentual abaixo da média ainda assim representa um grande volume em termos absolutos!

crescimento da lista de inscritos em lojas virtuais do setor de moda e vestuário

Se você optar por usar ferramentas de automação de marketing, pode ter certeza de que suas métricas de desempenho darão um salto imediato! Foi o que aconteceu com estes clientes, que alcançaram os seguintes resultados usando nossos cenários de automação:

  • Receita média por 1.000 e-mails enviados: mais de R$ 8700
  • Taxa de Abertura média: 35,8%
  • CTR média: 9,55%
  • Taxa de Conversão média: 2,14%

O grande número de cenários ativos é provavelmente uma forma de resolver o problema das inscrições menos frequentes em newsletters. Ao usar vários cenários simultaneamente, os clientes podem ter certeza de que suas mensagens personalizadas estão alcançando as pessoas certas e não bombardeando os desinteressados.

resultados da automação de e-mail marketing em lojas virtuais do setor de moda e vestuário

Agora vamos dar uma olhada nas Newsletters, que são imprescindíveis para o setor de moda e vestuário, pois permitem que os usuários vejam as últimas coleções e fiquem por dentro das tendências. Combinar conteúdo com fotos permite ainda mais engajamento do cliente. Embora as métricas de desempenho das Newsletters sejam (previsivelmente) menores que as das mensagens automatizadas, ainda assim apresentam resultados bastante positivos:

  • Receita média por 1.000 e-mails enviados: mais de R$ 400
  • Taxa de Abertura média: 35,8%
  • CTR média: 9,55%
  • Taxa de Conversão média: 2,14%

Por fim, compilamos para você os 5 cenários mais usados para o setor de moda e vestuário:

  1. Recuperar Carrinhos Abandonados
  2. Produtos Visualizados
  3. Pós Venda
  4. Produtos Recomendados
  5. Inscrição de Newsletter

Como você pode ver, a implementação de ferramentas de automação de marketing pode resultar em um aumento significativo nas principais métricas de desempenho e, assim, ajudar a sua loja virtual a gerar ainda mais lucro. Isso pode ser uma vantagem importante, especialmente em um mercado tão competitivo como o setor de Moda e Vestuário.

Resumindo: Interaja com os clientes e não deixe que a atenção deles se desvie para outro lugar!


Aleksandra Stankowska

Ela se preocupa com conteúdo de boa qualidade e acredita que o sucesso no e-commerce depende da abordagem correta. Ela afirma que é bom saber de tudo, mas é especialista em marketing moderno.

Conteúdos relacionados

Deixe a gente te mostrar o mundo do e-commerce
Inscreva-se na nossa newsletter